Páginas

terça-feira, 4 de outubro de 2011

De Akehnaton a Duchamp: arte, transexualismo e androginia





Texto apresentado na ANPAP em setembro de 2011. Realizado em co-autoria com Maria Berbara. 


Resumo: Este texto analisa questões centrais relativas à representação do transexualismo e da androginia nas artes visuais em diferentes contextos histórico-artísticos. Traça-se uma experiêncie de panorama que parte da representação do corpo no Egito Antigo, perpassa o retrato durante o Renascimento e se encerra, contemporaneamente, com representações da androginia, hermafroditismo e transexualidade na cultura e visualidade contemporâneas.






Nenhum comentário: